TEMPLO DA CARNE – MARCOS BASSI


Marcos Bassi, filho de italianos, cresceu no bairro do Brás, centro de São Paulo. Sua história com a carne começou cedo, aos oito anos, quando vendia miúdos de carne de boi pelo bairro onde morava. Depois de alguns anos, Marcos e sua mãe D. Mafalda, adquiriram um espaço no Mercado Municipal de São Paulo. Trabalharam muito por ali, até adquirirem o açougue do Sr Prachedes na Rua Humaitá, já no bairro do Bixiga e transformarem na Casa de Carnes Bassi, onde atendiam aos imigrantes ricos da cidade, já com uma estrutura, qualidade e atendimento diferenciados.

Aos poucos conseguiram implementar uma churrasqueira dentro da Casa de Carnes para que pudessem testar por alí mesmo suas criações.
Foi quando começaram a vender sanduíches e os cortes da loja já assados.

A história das carnes nobres nasceu daí, junto com a história de Marcos Bassi, justamente para diferenciar a qualidade e preço dos produtos Marcos Bassi. Em 1978 nasce a “Central Frigorífica de Carnes Nobres Bassi”, na Rua 13 de Maio, já com um cantinho especial para servir algumas pessoas com suas degustações de raças e cortes especiais. As desgutações fizeram tanto sucesso, que um ano depois surgiu a churrascaria no mesmo local, onde funcionam até hoje as instalações e serviços do Templo da Carne.

Ao longo da vida, Marcos Bassi aprendeu, na prática, tudo sobre cortes e outros detalhes técnicos como irrigação sanguínea, maciez e textura.
Como artesão, de suas mãos sairam cortes consagrados como o Bombom, feito à partir do miolo de alcatra e consolidou a Fraldinha como um dos cortes mais apreciados do brasileiro, sendo eleita em 2013 pela Paladar Estadão como Patrimônio Gastronômico de São Paulo. Foi também pioneiro no processo a vácuo e de maturação de carnes no Brasil O Templo da Carne se eterniza então como resultados de 50 anos de uma vida, investidos e dedicados à especialidade de Bassi: a carne. E com a técnica aprendida com o Marcos Bassi, nasce a cultura Marcos Bassi, garantia de que a tradição continua no Templo da Carne.

Marcos Bassi aprendeu, ensinou e perpetuou todos o seu amor pela carne naqueles que hoje fazem parte da Equipe do Templo. São colaboradores que junto com mestre transformaram o churrasco na “Cultura Marcos Bassi”. Hoje a casa une o esforço dos seus membros, o amor da família Bassi e o apoio dos clientes que muitas vezes tornam-se amigos, desta forma perpetua-se os ensinamentos que dia a dia são conduzidos por cada um que possui a felicidade de estar dentro do Templo da Carne.

MÍDIAS SOCIAIS